Diafanes Spring Tour ’11 (Diário – parte 13)


12 de Março

Acordei por volta das 9:30 e me conectei correndo a internet em busca de informações sobre o terremoto no Japão. Estou realmente impressionado com o tamanho dessa catástrofe, conversei pelo msn com um amigo que tem familiares por lá, e ele me disse que está muito difícil a comunicação. Muito triste tudo isso.

Depois de todos tomarem banho, partimos para uma viagem de 250 milhas para Webb City, que fica nos arredores de Joplin, MO. Lá tocaríamos em um festival beneficiente num lugar chamado Up In Flames. Antes, porém, passamos em um shopping e fizemos algumas compras (afinal somos paulistas!!!).

Chegando ao Up In Flames, já sacamos que o festival era de bandas muito mais pesadas do que o Diafanes. Muitas bandas de Heavy Metal, Death Metal, Trash metal, etc. Logo de cara pensei que aquele público composto por pessoas com camisetas cheias de mostrengos e pulseiras de couro com pontas de metal iriam nos fritar, mas no final foi exatamente o oposto!

A primeira banda foi uma banda de Death Metal, com vocal gutural e dois guitarrista tocando com 7 cordas. Muito pesado! O Eric veio logo depois e de cara já ganhou o público! Apesar do som dele não ser nada Metal, as pessoas ficaram impressionadas com aquele garoto de 19 anos mandando ver numa telecaster!

Em seguida veio o Diafanes. Nós não cabíamos no palco do Up In Flames, por isso só a batera e os amplificadores ficaram em cima, eu, o Leandro e a Lorena tocamos no chão, junto ao público. Começamos com “A New Melody”, senti que o público ficou meio confuso com aquelas sequências de acordes aumentados e com as variações de andamento, ao final aplaudiram de forma desconfiada ainda. Emendamos “Love In” e de repente as pessoas começaram a ficar mais à vontade com a nossa música. O som do lugar não era nem um pouco bom, mas diferentemente da noite anterior, nós estávamos muito mais concentrados. Contudo, “Inside Me” ganhou o público completamente. Isso é comum em nossos shows: mesmo que o público seja muito específico de outro estilo que não o nosso, dificilmente as pessoas resistem ao interlúdio com clima flamenco e castanholas.

Daí para frente tudo ficou mais fácil, o lugar ficou completamente lotado e nos divertimos muito até o final! Depois do show todos quiseram conversar conosco, compraram CDs, camisetas, bottons e posteres. O Genne, que foi o organizador do festival, filmou os shows e postou no Youtube.

Primeira parte:

Segunda parte:

Terceira parte:

Quarta parte:

Depois de nós, tocaram muitas outras bandas, entre elas, uma na qual todos os componentes tocavam fantasiados de personagens do Star Wars (Dart Vader, Soldados Robô, etc…) e faziam covers de classic rock. Contudo, eles alteravam as letras para adaptá-las aos temas de Star Wars (tipo: “People Rockin’ on The Death Star”), uma comédia!

Eu juro que esses caras tocaram assim!!!

Olha o batera!!!!

Assim que acabaram os shows, viemos para o hotel. Estamos todos cansados e amanhã começa nossa longa viagem para Austin!

Diafanes em Webb City, MO. Up In Flames – 12/03/11

A New Melody
Love In
Inside Me
Open Your Eyes
In Your Pockets
W.G.Y.U.
Buried Dreams
Shrub

Webb City, MO. Up In Flames - 12/03/11 (quem vê acha que eu canto muitoooo)

Webb City, MO. Up In Flames - 12/03/11

Webb City, MO. Up In Flames - 12/03/11

About cirovisconti

Guitarrista do Diafanes, professor do Conservatório Souza lima e colaborador da Revista Guitar Player myspace.com/cirovisconti myspace.co
This entry was posted in Bate papo musical, Diafanes, Diafanes Spring Tour ’11 (diário da turnê), Divulgação, Guitarra. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s