Acordes


Opa Ciro, tudo bem? Gostaria que você sugerisse um método ou mesmo q nos diga como aprender os diversos acordes nas várias regiões do instrumento e como você aplica esse conhecimento nas músicas do diafanes e de seus outros projetos. (anônimo, via formspring.me)

Provavelmente existem dezenas de bons métodos sobre digitações de acordes nas diversas regiões do braço da guitarra. Coincidentemente eu acabei de ganhar um chamado “Novo Dicionário de Acordes Para Guitarra e Violão” do Lupa Santiago, que saiu aqui pela editora do Souza Lima e que me parece muito bom!

Se você não tiver pressa, em alguns meses sairá pela Melody Editora (a editora da Guitar Player) um livro que eu escrevi no qual eu dediquei boa parte a ensinar como se digita centenas de acordes. Esse livro virá com um DVD comigo explicando os exemplos.

Para você estudar sozinho é necessário ter um bom conhecimento das estruturas musicais (escalas, intervalos, tríades, tétrades, etc…) e algum conhecimento em harmonia para saber como distribuir as vozes.

Eu sempre estudei harmonia tradicional e aplico às músicas do Diafanes esse conceito de distribuição de vozes (inclusive entre todos os instrumentos). Também estudo contraponto e isso acaba ajudando bastante nesse processo. O que é interessante é que todos na banda estudaram harmonia tradicional também e a comunicação fica bem facilitada por isso.

O estudo de harmonia tradicional e contraponto não tem uma aplicação direta à guitarra, mas eu sempre tentei traduzir e adaptar os conceitos ao instrumento e com o tempo isso passar a definir meu estilo de tocar, seja no Diafanes ou em qualquer outro projeto.

Abraços

About cirovisconti

Guitarrista do Diafanes, professor do Conservatório Souza lima e colaborador da Revista Guitar Player myspace.com/cirovisconti myspace.co
This entry was posted in Diafanes, Guitarra, Harmonia. Bookmark the permalink.

2 Responses to Acordes

  1. Juniho says:

    “O estudo de harmonia tradicional e contraponto não tem uma aplicação direta à guitarra” Paradise Lost do Malmsteen, só um que me vem a cabeça. Não tem aplicação para um músico limitado como você seu papudo.

    • cirovisconti says:

      Olha Juniho, eu realmente não iria responder ao seu comentário. Na minha experiência na internet aprendi que quando alguém comenta gratuitamente de uma maneira ofensiva, não quer realmente colaborar com uma discussão e normalmente só quer se impor pela agressividade. Não sei se esse é o seu caso, mas é o que parece. Afinal, você poderia ter feito um comentário com o mesmo conteúdo de uma maneira mais elegante, tipo: “discordo com a sua afirmação, como você explicaria esse exemplo?”. Mas, ao invés disso você preferiu partir para ofensa, me chamando de “limitado” e “papudo”.

      Antes de mais nada, quero dizer que assumo que sou limitado, mas todos não somos? Você não é? O Malmsteen não é? Admitir isso é importante para que você não entre no caminho da estagnação, mas enfim, cada um sabe de si. Quanto ao “papudo”, teremos de concordar em discordar.

      Mas enfim, como você denunciou que sou “papudo”, me sinto no direito de denunciar que você é um mau leitor. Isso porque o exemplo que você citou (por falar nisso, a música do Malmsteen chama “Lost In Paradise”, e não “Paradise Lost”) ilustra exatamente o que eu afirmei em minha resposta quando disse que aplicava o meu estudo de contraponto e harmonia tradicional na distribuição das vozes (e dos instrumentos). Ou seja, aplicava como compositor! No seu exemplo acontece a mesma coisa, a harmonia e o contraponto que você afirma ter, está espalhado pela banda e não tocado na guitarra apenas. Isso mostra o lado compositor do Malmsteen e não o guitarrista. Se você não percebe isso, talvez você não entenda direito o que é harmonia tradicional e contraponto. De qualquer forma, você tem todo direito de discordar de mim (eu preferia que fosse de maneira educada), mas por favor não dê um exemplo que apenas afirma o que eu digo, descubra um que vá contra a minha resposta.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s