Terça de picardia II


Aproveitando o ensejo da pergunta anterior, a terça de picardia funciona também terminando uma cadência maior num acorde menor? (Beto, via formspring.me)

Na verdade não. A terça de picardia surgiu ainda na Renascença quando os compositores passaram a fazer as cadências dos modos que tinham um acorde menor como I grau (Dórico, Frígio e Eólio) com um acorde maior. Parece que a sensação de terminar com dois acordes maiores (o V e o I) era mais “conclusiva”. Por isso passaram a finalizar peças no modo Dórico, por exemplo, na tríade de Ré maior.

Não tenho conhecimento de que o oposto tenha ocorrido. É comum que uma música em tonalidade maior module ou passe pela região da tonalidade homônima, mas sempre acaba voltanto para a tônica maior.

Abraços

About cirovisconti

Guitarrista do Diafanes, professor do Conservatório Souza lima e colaborador da Revista Guitar Player myspace.com/cirovisconti myspace.co
This entry was posted in Harmonia. Bookmark the permalink.

2 Responses to Terça de picardia II

  1. Beto says:

    Esqueci de assinar a pergunta ahuehauehauh

    Só pro fernando não ficar assustado, essa pergunta eu que mandei😛

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s